Aproximadamente 65% das pessoas pesquisam sobre o profissional antes de marcar uma consulta. E o site é um poderoso cartão de visitas online que pode contribuir para aumentar o número de pacientes!

Mesmo quando recebem uma indicação de um amigo ou parente, as pessoas tendem a buscar informações sobre o profissional de saúde na internet antes de agendar uma consulta. Consequentemente, podemos dizer que atualmente não ter uma presença online e um website é praticamente um tiro no pé. Afinal, a melhor forma de conquistar novos pacientes é ser encontrado por eles.

Além de consultar sobre seu histórico profissional – mesmo que você seja um especialista em sua área de atuação – seus potenciais pacientes buscam informações sobre quais serviços você oferece, o que os pacientes falam sobre você, observam fotos do seu consultório ou da sua clínica e onde seu estabelecimento se localiza. E também é uma forma de encontrar rapidamente seus contatos e agendar uma consulta.

Como um site pode ajuda-lo a conquistar pacientes

Certamente você já sabe que o Google é o maior buscador no Brasil e no mundo – e certamente usa seu serviço de busca para diversas finalidades. E o Google também é uma excelente ferramenta para atrair pacientes! Por isso, é essencial ter um website para destacar os seus serviços e ser encontrado por pacientes em potencial. Os pacientes, de forma geral, realizam três tipos de pesquisas no Google sobre saúde. É importante que o profissional da saúde conheça para ver como ser encontrado em cada um deles.

1 – Busca por sintoma ou doença

É quando o “Dr. Google” entra em ação. A pessoa sente uma dor ou identifica um problema e tenta descobrir qual a solução ou tratamento no famoso buscador. Por exemplo: “como tratar dor de cabeça constante”. Disponibilizar conteúdo relevante para o seu público-alvo no seu website é uma excelente forma de atrair pacientes para a sua página online e consolidar a sua imagem profissional demonstrando seu conhecimento especializado.

2 – Busca por especialistas

O paciente já decidiu que precisa se consultar com um determinado profissional e utiliza o buscador para encontrar especialistas ou clínicas que realizam um determinado serviço em uma cidade ou bairro ou que atendam um convênio. Digitam, por exemplo, “ginecologista em São Paulo” ou “fisioterapeuta Bradesco”. O seu website (e o Google Meu Negócio, que abordaremos logo mais) é uma forma de conectar possíveis pacientes com o seu estabelecimento.

3 – Busca direcionada a um profissional ou clínica

O paciente, seja por indicação ou porque já descobriu seus serviços na internet ou nas redes sociais, digita no buscador diretamente o seu nome ou da sua clínica. É um público que já está interessado em seus serviços e precisa de mais informações sobre seu histórico profissional, procedimentos, tecnologias oferecidas ou mesmo seu telefone e endereço para agendar uma consulta. Se encontrar o que deseja, tem uma grande chance de marcar um horário e se tornar um paciente.

A estrutura do website na área de saúde

É importante aproveitar seu endereço na internet para disponibilizar as informações que seu público-alvo procura. Não existe uma fórmula mágica: é preciso conhecer o perfil do seu paciente para disponibilizar o conteúdo de uma forma única para conquista-lo. Algumas dicas:

– Compartilhe o seu histórico profissional, como surgiu o consultório ou a clínica e a sua missão;

– Vale a pena investir em um ensaio fotográfico para expor a foto do profissional e do estabelecimento (as fotos despertam um maior interesse dos visitantes);

– Apresente sua especialidade e os serviços que o seu consultório oferece;

– Disponibilize o telefone, endereço, mapa e horário de expediente. Link para agendamento online e para o WhatsApp da clínica podem facilitar o agendamento.

– Mantenha um blog atualizado frequentemente com conteúdo relevante para a saúde dos seus pacientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *